BRT, Que é isso?

postado por Aleile @ 12:14 PM |
22 de junho de 2010

As letras que compõem a sigla BRT são as iniciais da nominação inglesa Bus Rapid Transit, que, literalmente, significa: ônibus que circula rapidamente. Numa tradução mais livre e oportuna, o BRT é um sistema urbano de ônibus espaçosos, bi ou triarticulados, que trafegam em corredores exclusivos e interligados. Trata-se, de fato, de uma moderna modalidade de transporte de massa, em operação em mais de 120 grandes cidades do planeta com resultados mais que satisfatórios e aprovação da população usuária. São veículos de grande capacidade, com 160 a 270 lugares, portas duplas e largas à esquerda e direita. Além disso, a cobrança prévia da passagem é feita em guichês externos. O BRT circula em canaletas e faz paradas em estações com piso elevado, garantindo e facilitando o acesso a todos – inclusive cadeirantes, idosos e crianças.

Tudo isso torna o BRT rápido, eficiente, confortável e seguro. É o sistema em operação na cidade de Curitiba, tida como uma das mais modernas e bem resolvidas do País. Em Bogotá, ele tem o nome de Transmilênio. É chamado de Macrobus em Guadalajara, no México; já funciona em Londres, em oito grandes cidades da China e foi implantado mais recentemente na África do Sul, em função da Copa do Mundo de futebol.

Lá, o sistema se chama Rea Vaya (estamos indo, no idioma zulu, um dos 11 oficiais da África do Sul). Os  BRTs percorrem em 20 minutos os cerca de 30 km que ligam o populoso bairro negro de Soweto ao centro de Joanesburgo. O Rea Vaya passa pelos estádios Soccer City e o Ellis Park.

12 Responses para “BRT, Que é isso?”

  1. pedro laurentino  comentou:

    falta dizer que em muitas dessas cidades, inclusive no Brasil, é acessorio de outras redes, e não um eixo isolado.

    Em bogota, tem alimentadores que vão dos bairros para os eixos, com volume e frequencia. Aqui, pra fazer tapa buraco, vem o eixão desinfetado, que vai estar vazio pra fazer foto durante dois anos (se vier no prazo), depois veremos.

    O volume de informes publicitarios deste espaço em apenas dois dias, depois de meses em silêncio, é prova do carater nada informativo disso aqui, que se destina a vaselinar a aberração da prefeitura para a copa e para a cidade depois da copa.

  2. pregopontocom  Says:

    AAAAAAAAA Parece que de repente alquem resolveu descubrir a polvora,quantas e quantas vezes já comentei sobre o assunto neste jornal e em outros sites.Vou repetir de novo.Sistema operacional de transporte de massa auxiliar (metrô e o principal).Linha circular com onibus bi ou tri articulados intinerarios:Lapa Bonoco Iguatemi Paralela S.Cristovdoão Dorival Cayme Itapoã B.Rio Pituba R.Vermelho Ondina Shoping Barra Centenario Lapa e Vice Versa,com sistema de alimentadores ligando o sistema aos bairros aolongo do percurso. 2)Interligar o trem do suburbio,estç.da Calçada com T da França Lapa.Calçada Lgo do Tanque Retiro R.Abacaxi Iguatemi.Calçada Lgo do Tanque S.Caetano Est Piraja Interligar as estações intermediarias com os bairros ao longo do percurso com onibus alimentadores.Bilhetagem eletronica por hora e não por intinerario com integração TOTAL do sistema.Sera que isto é tão dificil de fazer? Calculos preliminares indicam que cada onibus articulado com capacidade aproximada de 200 passageiros substituiria em horarios normais(fora dos picos) 8 a 10 onibus convencionais em intervalos de + ou – 20 minutos.Menos motores menos pneus menos poluição menos desgastes do piso rolante.Onibus com plataformas baixa (sem degraus) suspensão a ar ativa para facilitar o rebaixe do onibus nas paradas e cambio eletronico automatico (mais economia melhor dirigibilidade e menos desgastes causados por erros de operação indevida) todos com propulsores traseiros. Esse tipo de onibus torna desnecessário o uso de equipamentos especiais (elevadores)para deficientes,portas largas nos dois lados. Não sou um genio..apenas conheço do assunto aqui no Brasil e fora dele,posso citar por expl. o sistema de transporte de Lyon na França Cidade irmã de Curitiba)Metrõ 4 linhas,VLT (Bonde articulados) 4 linhas ,Trolebus Articulados e Dois eixos,Funiculaire(liga parte baixa a parte alta da cidade)e os onibus convencionais todos climatizados,propusores traseiros Susp.a ar ativa camb eletr. autm etc.Não precisa ser genio e so entender um pouco conhecer sistemas semelhantes já em operação fazer pesquisas de demandas projetar e por em pratica e não ficar inventando Amarelinhos com integração meeira e plaquinhas verdes azuis, vermelhas isso e pura embromação.Quem quiser conhecer o sistema de transportes das cidades de Lyon Paris Torino Roma entre em contato com ( pregopontocom@hotmail.com) no perfil album de fotos esta a disposição de quem quiser visitar ou ver clipe ( Movimento )no youtube no canal Luisomuvie. e ainda http://www.youtube.com/user/Luisomuvie.

  3. Andrea Mendonça  comentou:

    Os engarrafamentos de Salvador não são causados por ônibus, e seu serviço sofrível prestado à população, e sim pelos carros.O BRT não vai reolver o problema da mobilidade urbana da cidade pois nenhum cidadão deixaria seu carro na garagem para usar o BRT, muito menos os paticipantes do SETPS.
    A solução seria o VLT(seguro,energia limpa e com acessibilidade)integrado com outros modais que integraria os subúrbios utilizando a malha ferroviária existente, como fez Maceió.O usuário assim poderia deixar seu veículo em casa e optar pelo conforto do VLT.
    Em matéria recente de ATarde lemos: Joanesburgo,um exemplo a não ser seguido.O BRT não deixou legado nenhum para a população local.

  4. Pregopontocom  Says:

    Andrea não se pode imputar a culpa pelo constantes engarrafamentos da cidade unica e exclusivamente nos carros,isso e pura utopia ou falta de conhecimento da realidade da nossa cidade.Os ônibus também contribuem e muito para o travamento do transito da cidade.O numero exagerado de “ônibus”circulando na cidade de maneira desordenada e desorganizada por falta de um projeto e um planejamento bem definido,e a falta de um transporte de massa eficiente rápido e confortável com horários rígidos a expl.dos lugares onde assim funcionam,aliada a falta de planejamento,de investimentos na melhoria na modernização na ampliação do sistema viário da cidade por falta de competência, atitude e coragem para botar o dedo na ferida,transportes publico exclusivo por ônibus controlado por particulares em todos os sentidos,nos remeteu a esse caos.Tivesse-mos nós um bom sistema de transporte publico com Metros VLTs(por expl um Vlt saindo do Retiro, R.do Abacaxi,Est Iguatemi com derivação de um ramal para a Pituba e outro ao longo da Av.Paralela até a Est.Mussurunga ou S.Cristovão e a integração total de todas as estações do trem com os bairros do subúrbio e a estç.da Calçada com os principais terminais da cidade,aliada a uma configuração de transportes por ônibus articulados confortáveis dentro do padrão europeu com plataformas baixas sem degraus suspensão a ar ativa etc em corredores específicos com grande fluxo,com horários controlados),( um outro expl de aplicação do VLT seria no centro da cidade da P.daSé para o C.Grande até o Canela, C.Grande P.da Sé,inclusive serveria tambem para revitalizar aquele local) com certeza o numero de automoveis circulando diminuiria cosideravelmente.Acontece que a alguns anos atrás não tinhamos uma população de três milhões e quinhentos mil habitantes.Estamos em crescimento constante, a cidade vai se espichando junto com o povo que vai se empurrando e se amontuando do jeito que pode e consegue,e isso ninguem pode freiar.Isso me leva a citar um fato paralelo curioso,o expl de um determinado Shoping de nossa cidade inaugurado nos idos de 70 que vem se espichando para todos os lados tendo desficurado totalmente as suas características arquitetônicas. E preciso que a cidade acompanhe todo esse movimento em todos os sentidos.Imagine vc se o gov. do estado não tivesse intervido com as obras da rotula do aeroporto e do abacaxi,veja so o custo beneficio que essas obras trazem para nossa travada cidade. Nesta historia não existe culpado e sim CULPADOS e nem apenas um vilão e sim VILÕES… e que vilões. ANDRÉ ao contrario do que voce pensa um VLT não é uma obra tão cara,o que encarece a obra André é o super faturamento o desvio das verbas,são projetos mal feitos e mal executados, são projetos para atender os interesses de grupos economicos e não do povo e da cidade, isso sim é que tornam as obras caras e dificultam o seu termino. Quando existe seriedade na aplicação do recurso publico(DINHEIRO QUE SAI DO NOSSO BOLSO)não ha prejuiso para ninguem,nem finaceiro e nem moral.Precisamos sim de um tranporte publico confortavel eficiente rapido seguro e com tarifas justa e integração total por tempo de permanencia e não por intinerario.Eganar o povo com essa integração meia boca ridicula cheia de letrinhas azuis, vermelhas, verdes, e um punhado de micro onibus com data de validade vencida(VELHOS)amarelados que nem a mente dos seus criadores,é uma falta de respeito intoleravel para com o nosso povo e a nossa cidade.ANDRÈ um expl de convivencia entre o bonde antigo o bonde moderno e o VLT no mesmo leito nos mesmos trilhos.Veja o bonde de Gotemburgo YouTube – http://www.youtube.com/watch?v=tA1eq0Bqg6E

  5. Pregopontocom  comentou:

    Correção– URL do Bonde de Gotemburgo é 8http://www.youtube.com/watch?v=gzjWDvCvm6Q e não a citada no comenterio acima que foi pega por engano por esta proxima da mesma.

  6. Pregopontocom  Says:

    Correção– URL do Bonde de Gotemburgo é http://www.youtube.com/watch?v=gzjWDvCvm6Q e não a citada no

  7. Pregopontocom  comentou:

    André ja que vc é tão fanático por onibus assim,faz o sequinte… compra um para vc andar por ai, até enjoar, mas não confunda fanatismo ou, gostar excessivamente de alguma coisa ,no seu caso os onibus, com soluções reais para o transporte publico da nossa cidade.Isso André, pega até mal…ficar preso a uma idea fixa sem conseguir enxergar variáveis ou mesmo sequer ao menos tentar olhar para outras alternativas para ampliar os horizontes da discussão sobre o tema, o torna prisioneiro de uma verdade unica e irreal que serve apenas para enganar e satisfazer o seu ego.Quanto ao BONDE, que para você não faz falta nenhuma,acredite eles fazem mais falta,e muita falta meeesmo para os habitantes da nossa cidade,que penam todos os dias sendo carreGADOS nestes autênticos Caminhões Baú travestidos de onibus.No mundo inteiro André nas cidades de países ditos de Primeiro Mundo, onde o transporte publico é levado a sério,eles estão lá presentes, dando a sua valorosa contribuição para o povo,para a cidade e principalmente para o meio ambiente,e evitando que muitas pessoas usem os seus carros particulares para se deslocarem nos centros urbanos.Em Roma na Italia quanto lá estive fiz questão de andar neles, fui num velho bonde (de quatro vagões super conservado com bilhetagem eletrônica)e voltei num super moderno (VLT) com ar condc.com mais vagões que o primeiro.A viagem durou uma hora e meia,isso porque não fiz nem a metade do percurso que só de ida duraria quase duas horas.Em Lyom na França,então foi uma farra era todo dia metro VLT e Trolebus em Torino na Italia um bonde imenso com sete vagões e etc, e haja bonde,onde tivesse um, por todos os lugares em que passei,la estava eu subindo e descendo para cima e para baixo mesmo que sem destino pelo puro prazer de andar neles, pois sabia que quando aqui chegasse não teria nenhuma chance de desfrutar desse belo prazer.Ao contrario do que muitos pesam o bonde não é um transporte antigo e superado não,muito pelo contrario, o bonde é um transporte eficiente rápido confortável moderno e prazeiroso.Tomara tenhamos todos nós (inclusive vc André)a sorte de podermos desfrutar do prazer de andar pra cima e pra baixo em uma dessas maravilhas num futuro bem proximo. E VIVA O VLT… E VIVA O VELHO BONDE

  8. Marco Silva  Says:

    É um absurdo o que acontece com Salvador. Sempre trazem para nossa capital tudo o que há de pior.
    Fui recentemente em Blumenal e constatei que as passarelas de lá são subterrâneas, com escada rolante e climatização. Em Salvador,só temos passarelas suspensas que deixam a cidade cada vez mais feia. O mesmo podemos observar na qualidade dos ônibus coletivos em comparação com os mesmos veículos no sul do país.Agora querem nos empurrar este BRT, um sistema defasado de transporte de massa.
    Será que é porque somos nordestinos e não temos consciência de mobilização contra os desmandos das autoridades?

  9. Tony  comentou:

    O Metrô/Monotrilho deve ser implantada no corredor principal (PARALELA) e o BRT nas avenidas alimentadoras (Pinto de Aguiar, Orlando Gomes, São Rafael). O SETEPS presta um péssimo serviço de transporte coletivo na cidade e agora aparece com a solução mágica do BRT na paralela, destruindo o caanteiro central da avenida e impermeabilizando ainda mais o solo. Salvador merece um sistema de grande capacidade e deve olhar para o futuro, não podemos permitir que seja tomada uma decisão com vistas somente à Copa do mundo, precisamos pensar a cidade à longo prazo.

  10. Souza  Says:

    Estudo os sistemas modais há um bom tempo, e analisando o desenvolvimento do transporte público da cidade e o que hoje a capital necessita, o BRT hoje será um tiro no pé no sentido de eficiência e econômico.

    A trajeto mais carente de um sistema modal de massa é a Av. Paralela, e mesmo com o aumento da frota de ônibus e com a implantação de corredores exclusivos para os mesmos, não adiantará de nada para diminuir o caos que é o trânsito da capital baiana. Além de não suprir a demanda do local, este sistema é extremamente nocivo ao ambiente, gerando dois problemas para Salvador: A ineficácia do transporte e a agressão ao meio ambiente.

    Além do BRT, temos projetos como VLT, Aeromóvel, Monotrilho e o Metrô, visando a necessidade da cidade e a eficiência do modal, o metrô é a única solução e proponho esta escolha, pois não devemos pensar na mobilidade urbana para a Copa de 2014, mas sim para depois deste evento, assim como fez Johannesburg na copa de 2010, que aproveitou a serie de investimentos voltado para evento como uma alavanca de propulsão da mobilidade urbana da cidade, com o seu projeto de metrô que segue mesmo depois da copa.

    Esqueçamos o lobby, a politica, a imagem, pensemos pelo menos desta vez na cidade, onde cada dia que passa a frota de carros aumenta, tem certeza que o usuário de automóvel deixará o seu veículo em casa para andar de ônibus? Se o próprio prefeito tem a intenção de fazer Salvador a capital mundial, um exemplo de sustentabilidade, vai querer realmente implantar o BRT? Por favor, eu faço apelo não como um Urbanista, mas principalmente como um soteropolitano, não implantem o BRT como o principal sistema modal na Paralela. Aquele setor exige um transporte mais eficiente e digno da primeira capital do Brasil e terceira capital mais importante do pais e que esse transporte venha sobre trilhos e não sobre pneus.

  11. Nelson  comentou:

    Salvador ficou por mais de 10 anos sem o METRÔ, além das CICLOVIAS, do VLT(veículo leve sobre trilhos) e do tal BRT(o famoso ligeirinho de Curitiba. E para compensar esse atraso na entrega do METRÔ, a nossa cidade precisará também do MONOTRILHO ou do AEROMÓVEL pra complementar o projeto de mobilidade urbana de transporte, caso contrário, se as nossas autoridades locais cruzarem os braços e não tomar as medidas cabíveis, Salvador pode passar por vexame durante as CONFEDERAÇÕES de 2013 e na COPA em 2014.
    Vossa Excelência Presidenta Sra.Dilma Rousseff que me desculpa pela franquesa, mas, as verbas pra Salvador foram muito poucas, pois a nossa cidade é a que tem o trânsito mais caótico entre todas demais cidades que sediarão a COPA de 2014.

  12. Nelson  Says:

    Salvador ficou por mais de 10 anos sem o METRÔ, além das CICLOVIAS, do VLT(veículo leve sobre trilhos) e do tal BRT(o famoso ligeirinho de Curitiba). E para compensar esse atraso na entrega do METRÔ, a nossa cidade precisará também do MONOTRILHO ou do AEROMÓVEL pra complementar o projeto de mobilidade urbana de transporte, caso contrário, se as nossas autoridades locais cruzarem os braços e não tomar as medidas cabíveis, Salvador pode passar por vexame durante as CONFEDERAÇÕES de 2013 e na COPA em 2014.
    Vossa Excelência Presidenta Sra.Dilma Rousseff que me desculpa pela franquesa, mas, as verbas pra Salvador foram muito poucas, pois a nossa cidade é a que tem o trânsito mais caótico entre todas demais cidades que sediarão a COPA de 2014.

Deixe seu comentário



Grupo A TARDE

empresas do grupo

jornal a tarde | a tarde online | a tarde fm | agência a tarde | serviços gráficos | mobi a tarde | avance telecom

iniciativas do grupo a tarde educação | a tarde social


Rua Prof. Milton Cayres de Brito n° 204 - Caminho das Árvores - Salvador/BA, CEP-41820570. Tel.: 71 3340-8500 - Redação: 71 3340-8800


Copyright © 1997 - 2010 Grupo A TARDE Todos os direitos reservados.